Solicitar Certificado
Vídeo com Áudio

Sobre a 18ª Convenção Brasileira de Malabarismo e Circo

Poderíamos descrever a 18CBMC de diversas maneiras, analisando o evento sob diversos aspectos: estatísticos, artísticos, mercadológicos, etc… Contudo, creio que o aspecto mais interessante a ser analisado, e cujo legado foi maior, é o humanístico! Foi incrível presenciar o poder transformador da ação coletiva acontecendo bem diante de nossos olhos! Um evento onde o bom senso e a consciência coletiva reinaram durante sete lindos e intensos dias.

Tod@s nós convencionistas nos tornamos naturalmente responsáveis por manter a harmonia do ambiente durante toda a Convenção. Desde a redução de danos ambientais, tais como o cuidado com lixo produzido, a limpeza das áreas comuns, dos banheiros e etc., até a logística do café manhã que era servido diariamente, dos espetáculos e das oficinas, passando pela segurança nas piscinas e o cuidado com as crianças.

Enfim, poderíamos passar muito tempo falando sobre tudo de mais legal que a 18CBMC deixou, inclusive com ideias de ações facilitadoras, que servirão de modelo paras outras Convenções, Encontros ou Festivais de caráter formativo e artístico. A independência e a sustentabilidade, consolidada com a maioridade deste que é um dos eventos mais esperados pelos entusiastas da arte circense no Brasil e América Latina, se tornam visíveis e evoluem a cada ano.

A Trupe Trip Trapo e o Coletivo É Só Fazê, que em nome do circo goiano se propuseram a assumir a responsabilidade de gerir essa edição, também aprenderam e evoluíram bastante enquanto artistas, produtores e agitadores culturais na cena local. Pautados pela economia criativa, sempre buscando soluções simples e eficazes, e graças a diversos tipos de apoio, parcerias e captação independente de recursos, a 18CBMC conseguiu arcar com todas as despesas, inclusive não precisando gastar nenhuma parte dos 15 mil reais disponibilizados pela ABRAMALA (referente ao caixa já existente das últimas convenções), para ser usado como capital de segurança no apoiar ao evento. Acreditamos, acima de tudo, na força e na independência dos coletivos regionais na produção e realização da Convenção Brasilera. A responsabilidade é muita, mas a recompensa é ainda maior!

Fica registrado também o nosso agradecimento especial à Smart Set, ao ITEGO Basileu França e cada um dos quase 700 amigos/parceiros/convencionistas, entre artistas, oficineiros e público, que doaram seu tempo e energia para que este fosse um momento incrível de trocas, vivências e muito aprendizado!

Juntos somos mais fortes e podemos ir cada vez mais longe! Um grande salve a todo o movimento circense nacional e mundial! Ale up!

Organizadores locais da 18ª C.B.M.C.

Produção

Apoio:

HISTÓRICO DA C.B.M.C.

ABRAMALA

Associação Brasileira de Malabarismo e Circo

CARTA DE PRINCÍPIOS – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MALABARISMO e CIRCO

A Associação Brasileira de Malabarismo e Circo “ABRAMALA” – fundada em 2014, na 16ª Convenção Brasileira de Malabarismo e Circo – tem como finalidade organizar as ideias acerca da CBMC e de possíveis desdobramentos que possam surgir a partir dela.

O objetivo geral da organização é potencializar e qualificar os processos e movimento de Circo no Brasil. O objetivo específico é estruturar, dar suporte e criar mecanismos que contribuam com o desenvolvimento da Convenção, com a estruturação do evento e suas dinâmicas de produção e com a formação de novas lideranças e atores sociais.

Sendo assim, entendemos como legítimo e fundamental que os representantes da organização compareçam a eventos, encontros, seminários e convenções para levar as reflexões do grupo adiante. Para buscar sinergizar organização e movimento, a diretoria desta deve estar sempre à disposição para ouvir, argumentar e dar visibilidade para as discussões do universo circense e – se possível – fomentar debates para aumentar o repertório do grupo em seus repertórios político, social e artístico.

Com isso, a ABRAMALA deve ter sempre em vista ampliar suas contribuições com o movimento e com a sociedade, visando contribuir com as políticas públicas para o circo no Brasil, bem como dar voz e visibilidade para eventuais casos e discussões específicos.

A organização e sua diretoria devem ter autonomia para fazer a gestão de seus cronogramas, agenda, projetos dentro dos termos apontados pelo estatuto elaborado. Contudo reiteramos que a Assembleia Geral Extraordinária que deve acontecer anualmente nas Convenções representa a instância máxima para toda e qualquer decisão do grupo em que todos associados têm direito a voz e voto.

Temos como princípios básicos que norteiam essa associação:
– A ética profissional e o respeito a todos os atores sociais do ramo;
– A abertura e democratização das decisões da ABRAMALA para processos participativos e colaborativos em suas comissões;

– Se colocar como uma prestadora de serviços a serviço do circo e da CBMC;
– Dar dinamicidade para acompanhar as demandas do movimento buscando compreender em seu tempo as adaptações necessárias para se cumprir com as metas e objetivos do grupo;
– Articular movimentos para a prestação de serviços de interesse público para a comunidade do circo;

– Promover a formação de novos agentes sociais e políticos do circo;
– Cuidar do desenvolvimento e compartilhamento de tecnologias sociais de gestão e produção que contribuam com o projeto;

– Dar suporte para que as equipes de produção executiva de cada ano tenha acompanhamento, base, informação, acesso a documentos etc.;

– Buscar sistematizar e publicar informações a respeito do projeto e todos os seus desdobramentos;
– Incentivar a integração das linguagens do circo visando a aproximação das linguagens, nichos e agentes sociais;

– Garantir a continuidade do projeto e a qualificação do mesmo a cada ano;

– Incentivar as conexões e o desenvolvimento de projetos colaborativos que contribuam com a formação de público, artistas, produtores e agentes culturais do circo.

www.abramala.org

PERGUNTAS FREQUENTES

Tire suas dúvidas. Veja as respostas para as perguntas mais frequentes.
Se não conseguirmos sanar a sua dúvida, faça-nos uma pergunta. 

Para se inscrever na 18ª CBMC você dever fazer um depósito ou transferência de acordo com o LOTE VIGENTE, para:
BANCO DO BRASIL
Agência – 0865-6
Conta Corrente – 7937-5
Suêdemar dos Santos Nascimento

Por gentileza confirme sua inscrição:
ENVIE A FOTO DO COMPROVANTE E A
FOTO DE UM DOCUMENTO PESSOAL
PARA O NOSSO EMAIL:

inscricao18cbmc@gmail.com

 

Preencha o cadastro de inscrição. 
Clique aqui
Preencha o cadastro de inscrição. 
Clique aqui
Veja as informações de inscrição. Clique em:
Clique aqui
– NÃO!
O espaço onde acontecerá a 18ªCBMC é um clube particular, cujos proprietários não permitem a entrada ou permanência de qualquer tipo de animais, mesmo animais domésticos. Agradecemos desde já pela compreensão.

Para caravanas a partir de 15 pessoas, todos os integrantes poderão pagar o valor do primeiro lote (180,00). O organizador da caravana será isento da inscrição. O valor completo de todos os integrantes da caravana deverá ser depositado de uma só vez (apenas um montante), pelo organizador da caravana, até uma semana antes do evento. O mesmo deverá encaminhar por email os dados de todos os participantes.
diretamente no email:  inscricao18cbmc@gmail.com
Contendo: Foto do comprovante de inscrição e foto de um documento pessoal que contenha foto (individual).

Todos que manifestaram interesse em participar colaborando com a 18ºCBMC, mesmo que não seja selecionado(a), em cumprimento com todas as normas estabelecidas, poderá fazer sua inscrição após a divulgação dos resultados e PAGARÃO O VALOR DO 1º LOTE (R$ 180,00).

Clube dos Bancários